quinta-feira, 16 de junho de 2011

Incógnitos e certeiros.

Passageiros ou não. Exagerados. Piegas... Dentre outras características que eu poderia pensar.
Alguns sentimentos são complicados demais para serem detalhados ou compreendidos. Para investigarmos as formas como acontecem... E, assim como o destino, que é sempre incógnito, podem ser cruéis ou meigos. Embora sempre certeiros.

Mas podem ser vistos também de forma simples, como enxergamos sonhos.
Ela gostava de estar com ele, ele gostava de estar com ela. Na chuva, no sol muito forte, no granizo ou na neve. E isso era tudo.

Nenhum comentário: