sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

E, afinal de contas...

Pq pessoas não enviam mais cartas hoje em dia??

Eu, particularmente, gosto de escrever cartas (ainda que nem sempre as envie...).
E, creio, gostaria de recebê-las também... Mas já há alguns anos isso não acontece... Foram substituídas por e-mails e afins...
Mas, embora seja bastante prático e também interessante, creio que a diferença resida no mesmo ponto em que, pra mim, ler um livro de verdade seja mais prazeroso do que ler um no computador.

Me parece que a dedicação de elaborar e enviar uma carta, se restringiria a pessoas realmente importantes de nossas vidas, bem mais do que as milhares as quais enviamos e-mails diariamente.

Virtualidades são práticas, inteligentes e também podem ser emocionantes, porém, me parecem bem mais impessoais.
Enfim... Carta é papel, tem cheiro de papel, tem a sua letra, os amassados do seu entusiasmo e do desleixo dos correios, passou pela sua mão. É muito mais pessoal.

Nenhum comentário: