quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Fim de ano.

Como boa viciada, to aqui, dando uma pausa nas minhas férias paranaenses pra postar algo.

Ia deixar um post de natal antes de viajar, mas não deu tempo, e nem vou fazer um de ano novo agora... É só um olá mesmo, pra não perder o costume. É mais um post de "Adeus ano velho", do que um de "Feliz ano novo", só pra finalizar. rs.

Ano acabando e aquela sensação deliciosa de mudanças, decisões, novidades vai tomando conta do meu e de muitos outros coraçõezinhos por ai...
Costumo usar esses dias para refletir, e já que muitas coisas se encerram com o fim de um semestre, gosto de aproveitar o momento para tentar mudar tudo que não está bom, tudo que desagrada.
Nada como grandes promessas de fim de ano pq, grandes mudanças anunciadas com alarde não acontecem (já dizia Carpinejar...).
Então me contento em aprender sempre com os 365 dias do ano que passou, e perceber que fui (e continuo) mudando gradativamente, de acordo com o que vejo, sinto, e desejo.

Estou meio isolada do mundo esses dias, numa terra maravilhosa, com gente buoníssima, eu e meus pensamentos. To muito feliz, viajar (quase) sempre faz bem, e cada viagem tem algo especial, esta tem sido enriquecedora pra mim. Tanto geograficamente, como psicologicamente. Muito bom.


E, em dois dias teremos um novo ano. E eu não tenho medo de mudanças e do desconhecido, sei que tudo pode ser bom e ruim, então apenas aguardo (um pouco ansiosa, como sempre) pelo que esta por vir...
O que será de 2011? Deus é quem sabe. Mas em minha mente já traço convicções e sentimentos de um ano promissor, em todos aspectos.

O que sei agora é que 2010 foi maravilhoso, e problemas, tive sim, mas nada que se compare as alegrias.
O destino foi gentil. Minhas escolhas foram acertadas.
Encontrei pessoas, lugares e situações incríveis e descobri sentimentos que me tornaram uma pessoa melhor, a cada instante uma Pamela diferente, e por isso a cada dia que passo me descubro uma pessoa mais feliz, apesar de qualquer pesar.

E é isso. 2011 vem aí, e só o que posso dizer é que 2010 valeu a pena.
E, 'bora ser feliz!

"Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
...É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre."
Drummond

Nenhum comentário: